Carregando...
 

Monitoramento do crescimento e desenvolvimento de crianças menores de cinco anos beneficiárias do Programa Bolsa Família e Programa de Nutrição Infantil na cidade de Manaus 

Autores do relato: Tania Maria de Carvalho Batista; Adriana Lopes Elias; Felipe Costa da Silva; Janderlane Melo da Silva; Noélia Cunha Carramanho; Suellen Monteiro dos Santos 

Local da experiência: Manaus, Amazonas. 

Local de implementação: Manaus

Qual o público alvo? Crianças em situação de vulnerabilidade social

Qual foi a experiência desenvolvida?

A desnutrição infantil está associada à maior morbidade infecciosa e metabólica acarretando atraso no desenvolvimento enquanto que, para a criança obesa observa-se ao longo da vida o aumento do risco de desenvolvimento das doenças crônicas e degenerativas como hipertensão e diabetes. Nesse contexto, a Prefeitura de Manaus instituiu em 2011, o Programa de Nutrição Infantil visando contribuir para a implementação de ações de saúde e segurança alimentar e nutricional em especial, às crianças em situação de vulnerabilidade social. O eixo mais importante do Programa consiste na promoção de boa nutrição e no monitoramento do desenvolvimento infantil. 

Para registrar a avaliação periódica do crescimento foi desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da SEMSA/Manaus, um Sistema de Informação que viabiliza o acompanhamento da saúde de cada criança que identifica aquelas com maior risco apontando precocemente os agravos nutricionais que necessitam de intervenção. Para a avaliação do crescimento são utilizadas medidas antropométricas básicas como peso, altura e o perímetro cefálico. A periodicidade mínima de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças é trimestral.

A vigilância do desenvolvimento também é contemplada pelo Programa e corresponde a uma das ações básicas de promoção da saúde infantil. O objetivo é identificar as crianças com comprometimento de desenvolvimento que possam indicar disfunções neurológicas (sequelas neurológicas perinatais, doenças neurológicas anteriores, paralisia cerebral, autismo, doenças genéticas e cromossômicas, etc.) para abordá-las precocemente, ensinado aos pais técnicas de estimulação, tratando as causas, utilizando abordagens multiprofissionais pertinentes e usando recursos pedagógicos a cada caso. Sem esta vigilância, a maioria dos casos leves e moderados somente será percebida na fase escolar, quando já foi perdida uma grande chance de melhorar o desempenho dessas crianças com estimulação, treinamento e cuidados adequados.

A aprendizagem neuropsicomotora se estabelece principalmente ao longo da infância, podendo sofrer a influência de fatores nutricionais, genéticos e ambientais. Para uma melhor compreensão do desenvolvimento é necessário a abordagem dos aspectos universais, as diferenças individuais e culturais. Um ambiente social de afeto com estimulação adequada à criança é fundamental para o progresso psicomotor nos primeiros anos de vida.

O Sistema de Informação do Programa de Nutrição Infantil de Manaus permite o registro e análise dos parâmetros básicos utilizados para identificação de crianças com atraso de desenvolvimento através da realização de minucioso exame físico com observação de alterações fenotípicas e aquisição de habilidades. Neste sentido, este relato de experiência contribui para evidenciar o estado nutricional e condições de desenvolvimento das habilidades motoras e cognitivas de crianças de famílias em situação de vulnerabilidade social, residentes na cidade de Manaus.

Contato: tania.batista@pmm.am.gov.br


Contribuíram para esta página: redenutri@unb.br .
Última modificação da página em Quarta-feira 03 de Maio, 2017 11:44:44 BRT por redenutri@unb.br. (Versão 1)

Enquete

A Portaria 1.055 publicada em 25/04/2017 para o Programa Saúde na Escola prioriza ações de prevenção à obesidade infantil. Qual das ações propostas você considera mais desafiadora?





Anti-Bot verification code image Outro código

File is not an image.

Redes Sociais