Carregando...
 

Avaliação do estado nutricional em relação a presença de cárie dentária em crianças de 4 a 6 anos no município de Cajamar 

Autores do relato: Hellen Daniela de Sousa Coelho; Marluci Mendes dos Santos; Fabiana Rodrigues Lameira Belchior; Mario Renato Bravo; Ana Paula Taveira dos Santos; Luiz Felipe Scabar 

Local da experiência: Cajamar, São Paulo.  

Local de implementação: Escolas

Qual o público alvo? Crianças

Qual foi a experiência desenvolvida?

O aumento do consumo de açúcares e gorduras cada vez mais cedo por crianças contribui para elevação dos índices de obesidade e sobrepeso e também intensifica a chance do surgimento da cárie dentária. Este estudo objetiva avaliar o estado nutricional de crianças e associar com a presença de cáries, considerando sexo e faixa etária. 

Estudo transversal em crianças (4 a 6 anos, n=1642), acompanhadas pela Saúde do Escolar do Município de Cajamar – São Paulo em parceria com a Universidade Paulista. A
classificação do estado nutricional foi baseado no índice de Massa Corporal e para avaliação
das condições bucais e qualificação dos dados foi adotado índice ceo-d. A Análise do estado
nutricional, faixa etária e sexo conforme o número de cáries existentes, foi feito por meio dos testes não paramétricos de Mann – Whitney U e Kruskal - Wallis, adotando-se o nível de significância de 5%. Resultados: O valor médio e mediana de cáries segundo sexo foi de 0,84 e 0 respectivamente para meninas e de 0,86 e 0 para meninos, p=0,754. Entre os que tinham de 4 a 5 anos, 5 a 6 anos, 6 ou mais a média e mediana foram de 0,78 e 0; 0,91 e 0; 0,86 e 0 (p=0,515) respectivamente. Em relação ao estado nutricional a média e mediana foram de 2,17 e 2 para magreza, 0,93 e 0 para eutrofia, e 0,65 e 0 para excesso de peso (p<0,01).

Segundo Costa et al (2010) a desnutrição pode afetar a estrutura dentária, contribuindo para a formação de cáries, o que corrobora com os resultados aqui apresentados. Outros estudos também encontraram maior prevalência de cáries nas crianças que apresentavam baixo peso (Pinto, 1990; Oliveira, 2006).

A prevalência de cáries na população estudada não foi associada ao gênero e faixa etária, porém esta associada ao estado nutricional, aos índices de score Z mais baixos. É essencial o processo de educação em saúde em crianças, promovendo a alimentação saudável e condições de saúde bucal adequadas.

Contato: hellencoelho@gmail.com


Contribuíram para esta página: redenutri@unb.br .
Última modificação da página em Quarta-feira 03 de Maio, 2017 11:33:07 BRT por redenutri@unb.br. (Versão 2)

Enquete

A Portaria 1.055 publicada em 25/04/2017 para o Programa Saúde na Escola prioriza ações de prevenção à obesidade infantil. Qual das ações propostas você considera mais desafiadora?





Anti-Bot verification code image Outro código

File is not an image.

Redes Sociais