Carregando...
 


 

Guias Alimentares

Guias Alimentares são instrumentos de Educação Alimentar e Nutricional que têm a função de ajudar as pessoas a fazerem escolhas alimentares saudáveis. Voltados aos cidadãos, devem conter mensagens claras e orientações que sejam factíveis com fatores que vão além do ato de comer, como cultura alimentar local, disponibilidade de alimentos, renda, modos de vida, entre outros fatores.

O Guia Alimentar para a população brasileira está com uma nova proposta. Com o intuito de enriquecer o debate, Ana Carolina Feldenheimer fala um pouco sobre os objetivos dos Guias Alimentares e o processo de revisão da nova versão do Guia Alimentar para a população brasileira.

Para conferir o texto, clique aqui.


 

Obesidade: um panorama do consumo de alimentos pela população brasileira

A cada dia cresce o número de pessoas com sobrepeso e obesidade em todo o mundo. Situação alarmante, tendo em vista as consequências advindas à saúde. Nesse texto de opinião, Bárbara de Alencar, pesquisadora do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição (OPSAN/UnB) fala um pouco sobre o crescimento das taxas de sobrepeso e obesidade entre a população adulta brasileira. Para conferir o texto clique aqui. 


Dia Mundial da Alimentação 2013: o papel do setor saúde no contexto dos Sistemas Alimentares Saudáveis

Há alguns anos, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), comemora, no dia 16 de outubro, o Dia Mundial da Alimentação. A cada ano, a FAO comemora a data com um tema diferente com vistas a aumentar a compreensão acerca de problemas relacionados à alimentação e nutrição. Este ano, o tema escolhido foi “Sistemas Alimentares Sustentáveis”. E, para comemorar esse dia bem como auxiliar nossos usuários a compreender o tema no contexto da Saúde, a RedeNutri lança mais um texto de opinião: Dia Mundia da Alimentação 2013 - O papel do setor saúde no contexto dos sistemas alimentares saudáveis. Para conferir o texto na íntegra, clique aqui


SISVAN Indígena

O conhecimento da situação alimentar e nutricional de uma população e o seu monitoramento contínuo, por meio das ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, é ação recomendada por organizações em todo o mundo. No Brasil, alguns estados e municípios desenvolveram iniciativas para atender a recomendações na área. Dentre essas ações, pode-se citar atividades relacionadas à situação indígena. Neste contexto, surge o SISVAN Indígena que propicia, além do diagnóstico nutricional, o contato contínuo com a população e potencializa a articulação para outras ações de saúde.

Nesse texto de opinião, Andhressa Araújo Fagundes, professora Adjunta da Universidade Federal de Sergipe (UFS), fala um pouco mais sobre o tema. Ficou interessado(a)? Para ler o texto, clique aqui


Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EABB)

A Estratégia Amamenta e Alimentar Brasil (EABB), Lançada em 2012 após integração da Rede Amamenta Brasil e a Estratégia Nacional para a Alimentação Complementar Saudável, tem sido tema de debate e capacitação frequentes . A RedeNutri acompanhou uma dessas oficinas de formação de tutores, que ocorreu em Brasília entre os dias 17 e 20 de setembro de 2013. A oficina foi conduzida por facilitadoras do Comitê Operacional da EAAB, em parceria com gestores da área de Nutrição e Saúde da Criança da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal. Após a Oficina, foi feita uma entrevista com as facilitadoras Andreza Sentone e Regina Lang. Para ler o texto sobre a capacitação e a entrevista, clique aqui


Consenso sobre Habilidades e Competências do Nutricionista no Âmbito da Saúde Coletiva

Recentemente, o Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição (OPSAN-UnB) lançou o Consenso de Habilidades e Competências do Nutricionista em Saúde Coletiva. O estudo é resultado de uma parceria com a Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/DAB/MS) e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS/OMS).

O estudo contou com a participação de profissionais, docentes, gestores e pesquisadores que atuam no campo da alimentação e nutrição em saúde coletiva de todo o país, e teve como principal objetivo contribuir com as diferentes estratégias de formação profissional e os processos de atualização curricular nos cursos de graduação. Nesse texto de opinião, Andrea Sugai Mortoza, conta como foi a elaboração do Consenso. Ficou curioso (a)? Para ler o texto na íntegra clique aqui.



Contribuíram para esta página: redenutri@unb.br , admin e mainapereira@gmail.com .
Última modificação da página em Segunda-feira 18 de Julho, 2016 14:05:50 BRT por redenutri@unb.br. (Versão 40)

Enquete

A Portaria 1.055 publicada em 25/04/2017 para o Programa Saúde na Escola prioriza ações de prevenção à obesidade infantil. Qual das ações propostas você considera mais desafiadora?





Anti-Bot verification code image Outro código

File is not an image.

Redes Sociais