A revista DEMETRA: Alimentação, Nutrição e Saúde(external link) propõe neste número temático a publicação de estudos sobre Ensino, Ciências e Saúde contemplando os mais variados temas de interesse entre docentes, pesquisadores e discentes.

Esta chamada pretende ser abrangente quanto aos temas a serem considerados, ao mesmo tempo em que aponta como fio condutor uma crítica ao caráter instrumental e reducionista das ações de ensino, seja em ciências ou em saúde ou em alimentação (comumente denominadas como práticas educativas em saúde ou educação alimentar e nutricional). Os estudos nestes campos tendem a assumir a informação, automatizada, definida a priori e socioculturalmente descontextualizada como vetor das transformações de práticas sociais, o que se revela na intensa produção de manuais, materiais, recursos e estratégias pedagógicas de caráter disciplinar e normativo.

O objetivo do temático é, portanto, reunir um conjunto de reflexões críticas, que se proponham a problematizar os modelos explicativos e intervenções elaborados a partir de diferentes referenciais. Poderão ser apresentados ensaios teóricos, pesquisas empíricas concluídas ou em andamento com resultados parciais. Relatos de experiência também poderão ser considerados desde que fundamentados e referenciados teoricamente.

Desse modo, a ênfase que recai no convite feito aos autores em apresentar estudos delineados a partir de uma perspectiva crítica não é fortuita. Baseia-se na compreensão, dos organizadores, da necessidade de avançar em abordagens problematizadoras e questionadoras da realidade, muitas vezes pensadas como discurso de verdade e de sentido único, o que exclui a polifonia de significados intrínseca ao pensar e impede um maior conhecimento dos impasses e desafios nela presentes. Ressaltamos que o interesse em promover uma discussão nos é mais central do que o acesso a resultados ou soluções tidas como universais. Para tal faz-se necessário que os trabalhos nos deem a conhecer a sua filiação/fundamentação teórica, bem como o olhar empreendido sobre a metodologia de modo a não naturalizarmos tais procedimentos, mas apontarmos o seu caráter construído, pois implicam em escolhas.

Por fim, registramos que esta iniciativa resulta de reflexões que vem sendo realizadas no âmbito dos Programas de Pós-graduação em Alimentação, Nutrição e Saúde da UERJ, de Nutrição da UFRJ e em Ensino em Biociências e Saúde do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da Fiocruz cujo intercâmbio entre docentes tem permitido identificar percepções comuns sobre o ensinar e o aprender na prática da pesquisa. Não ao acaso, a revista DEMETRA, criada em 2011, viabiliza esta iniciativa. Trata-se de um periódico científico interdisciplinar, de acesso aberto, que vem se firmando como referência e opção de publicação para pesquisadores, docentes e discente. Cabe destacar seu reconhecimento na CAPES em diferentes áreas do conhecimento. No Qualis 2015 correspondeu a: B1 (Serviço Social), B3 (Sociologia, Antropologia/Arqueologia), para citar alguns.

Como proceder?

Os interessados devem encaminhar suas contribuições em inglês, português ou espanhol até 07 de maio de 2017.

A submissão deverá ser efetuada na página da nossa revista através do link http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/about/submissions#onlineSubmissions.(external link)

É necessário informar seu direcionamento para a sessão ARTIGOS TEMÁTICOS.

Ademais, a comunicação aos Editores deverá mencionar a chamada temática sobre ENSINO, CIÊNCIA E SAÚDE: PERSPECTIVAS CRÍTICAS.

Dúvidas podem ser sanadas pelos endereços demetra.uerj em gmail.com ou demetra em uerj.br.