Nos dias 16 e 17 de maio, a Tenda da Felicidade (external link)esteve na Câmara dos Deputados, em Brasília. O objetivo da ação era mostrar como a publicidade influencia nossas escolhas alimentares e conscientizar sobre os malefícios das bebidas açucaradas. 

A ação foi realizada pela equipe do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição (OPSAN/UNB), que faz parte da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável.

Alguns mais curiosos quiseram provar a “fórmula da felicidade”: um copo com 300 ml de água, na qual era adicionado um pouco de gás e dez colheres de açúcar. Aqueles que provaram a receita disseram que o gosto lembrava o do refrigerante mais vendido no mundo. Depois a turma da tenda explicava às pessoas o motivo daquela ação inusitada: chamar a atenção para as “receitas de felicidade” e as bebidas açucaradas. 

A recomendação da OMS é para ingerirmos no máximo 25 gramas de açúcar por dia, enquanto uma lata de refrigerante contém 37 gramas. O consumo de bebidas açucaradas favorece a obesidade, fator de risco para doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e hipertensão. 

Além disso, houve mobilização a favor do PL 1755/2007, que trata da proibição da venda de refrigerantes em escolas e está na pauta para votação na CCJC - Comissão de Constituição e Justiça. Apoie essa luta! #EscolaSaudável  (external link)

Veja algumas fotos do evento, clicando aqui(external link).

Assista também ao encerramento da Tenda da Felicidade(external link), que contou com a presenta da ex ministra do Ministério do Desenvolvimento Social, Teresa Campello, Igor Rodrigues, advogado do Instituo de Defesa do Consumidor (Idec) e o deputado Helder Salomão, que prestigiou a tenda e representou os parlamentares que estiveram presentes.