A notícia de destaque da Segundeira da CGAN nessa semana foi o lançamento publicação “Sistemas alimentares e nutrição: a experiência brasileira para enfrentar todas as formas de má-nutrição”, pela Organização Pan-Americana da Saúde – OPAS. O volume apresenta políticas, programas e ações bem-sucedidos implementados nos últimos anos no país.

Também foram notícias na Segundeira a apresentação dos resultados do projeto Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade para a Melhoria da Nutrição e do Bem-estar Humano, ocorrida no Simpósio Internacional Biodiversidade para Alimentação e Nutrição, nos dias 27 e 28 de novembro.

Datas importantes para o leitor ficar atento são os prazos para a inscrição na última turma de 2017 do curso de educação a distância (EaD) sobre o Programa Bolsa Família (PBF) na Saúde; prazo para a consulta pública da CONITEC para incorporação de fórmulas nutricionais para crianças de 0 a 24 meses com alergia à proteína do leite de vaca (APLV); e início do pré-cadastro no I Congresso Internacional de Práticas Integrativas  e Complementares e Saúde Pública.

O informativo traz ainda matéria que fala sobre a estratégia para a redução de perdas e desperdício de alimentos que foi aprovada pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), no dia 22 de novembro. Entre as ações previstas no documento, estão o apoio e promoção de campanhas educativas e de conscientização com agentes do varejo, iniciativas privadas e de diferentes espaços institucionais públicos e privados sobre como combater o desperdício de alimentos e fortalecer o sistema de compras públicas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).


 

Para acessar as notícias, baixe aqui(external link) a Segundeira dessa semana.

  • A Segundeira da CGAN é o informativo semanal da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, na qual são apresentadas as principais notícias da semana, agendas previstas da Coordenação, além de trazer atualizações sobre evidências científicas, textos de apoio para a implementação das recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e atividades realizadas nos municípios e estados relacionados à agenda de alimentação e nutrição no SUS e monitoramento de alguns programas.