Carregando...
 

No dia 3 de novembro de 2017, a Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição - CGAN/DAB lançou o Sistema de Micronutrientes, que possui 3 módulos:

  1. Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A – PNSVA;
  2. Programa Nacional de Suplementação de Ferro – PNSF;
  3. Estratégia de Fortificação da Alimentação Infantil com Micronutrientes em Pó (vitaminas e minerais) – NutriSUS. 

O Sistema de Micronutrientes, assim como os outros sistemas da Atenção Básica, será acessado por meio do e-Gestor Atenção Básica (AB) disponível no link https://egestorab.saude.gov.br/.(external link) Para cada módulo/programa será necessário o cadastro de um Coordenador Municipal (que pode ser o mesmo para todos, porém deverá ser cadastrado em cada um dos módulos/programas). Esse cadastro deverá ser feito do mesmo modo que ocorre o cadastro de Coordenadores no e-Gestor AB, ou seja, o Gestor da Atenção Básica deve realizar o cadastro do Coordenador de cada um dos programas. O módulo do PNSVA incorporou de modo integral o Sistema de Gestão do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, funcionando da mesma maneira, com mudança somente no layout. Assim como já era realizado, no módulo do PNSVA deverão ser registradas as seguintes informações:

  • Quantidade de crianças de 06-11 meses suplementadas com Megadose de 100.000 UI;
  • Quantidade de crianças de 12-59 meses suplementadas com Megadose de 200.000 UI;
  • Perda de Cápsulas. 

O módulo do PNSF é um módulo novo que foi criado no Sistema de Micronutrientes. Nesse módulo deverão ser registradas as seguintes informações:

  • Quantidade de crianças de 06-24 meses suplementadas preventivamente com sulfato ferroso;
  • Quantidade de gestantes suplementadas preventivamente com sulfato ferroso e ácido fólico. 

O módulo do NutriSUS também é um módulo novo que foi criado no Sistema de Micronutrientes. Nesse módulo deverão ser registradas as seguintes informações:

  • Quantidade de crianças de 06-48 meses que receberam 36 ou mais sachês por ciclo (essa informação deverá ser inserida em cada uma das creches pactuadas pelo município);
  • Saldo de sachês no município. 

Em todos os 3 módulos, é possível emitir relatórios sobre as informações inseridas. Cada módulo será liberado somente para o município que participar do programa. Ou seja, o módulo do PNSF será liberado para os 5.570 municípios, pois o PNSF é universal; o módulo do PNSVA será liberado para os 3.573 municípios participantes; e o módulo do NutriSUS será liberado para os 1.045 municípios participantes.As informações referentes a 2017 poderão ser informadas no Sistema de Micronutrientes até janeiro/2018, assim como já ocorria para o PNSVA.Para saber mais sobre esse assunto e acessar as demais notícias relacionadas à agenda de alimentação e nutrição no SUS, baixe aqui(external link) a Segundeira da CGAN(external link) desta semana. 


Nesta edição:

  • Lançamento do Sistema de Micronutrientes
  • Linhas de cuidado do sobrepeso e obesidade no Rio Grande do Sul
  • Senado discute melhoria dos rótulos de alimentos
  • Especialistas defendem aumento de tributos sobre bebidas açucaradas
  • Agência da ONU e revista especializada recebem artigos sobre políticas públicas de saúde
  • Agenda da CGAN
  • Espaço dos Estados
  • De olho na evidência
  • Implementando o Guia Alimentar para a População Brasileira – 5 Maneiras de melhorar seu café da manhã
  • Monitoramento Semanal de Programas Estratégicos da CGAN
  • Saiu na mídia 

 

A Segundeira da CGAN é o informativo semanal da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, na qual são apresentadas as principais notícias da semana, agendas previstas da Coordenação, além de trazer atualizações sobre evidências científicas, textos de apoio para a implementação das recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e atividades realizadas nos municípios e estados relacionados à agenda de alimentação e nutrição no SUS e monitoramento de alguns programas.  

Imprimir
First PageFast PrevPágina: 3/88Fast NextLast Page
123451288

Enquete

A Portaria 1.055 publicada em 25/04/2017 para o Programa Saúde na Escola prioriza ações de prevenção à obesidade infantil. Qual das ações propostas você considera mais desafiadora?





Anti-Bot verification code image Outro código

File is not an image.

Redes Sociais