Carregando...
 

CGAN participa de reunião em Curitiba para estudo e adequação das recomendações de ganho de peso gestacional para o SUS

A reunião aconteceu nos dias 2, 3 e 4 de Maio de 2017 na sede da Pastoral da Criança em Curitiba-PR e contou com a participação de pesquisadores e gestores do Ministério da Saúde e da Pastoral da Criança. No primeiro dia participaram também, gestores de saúde estaduais e municipais do Paraná e professores de diversas instituições de ensino superior em saúde da região. Além dos convidados nacionais, também foram convidados a Professora Kathleen Rasmussen, da Universidade de Cornell e coordenadora da publicação do Institute of Medicine dos Estados Unidos, que subsidiam as atuais recomendações para ganho de peso gestacional, e Dr. Eric Ohuma, estatístico da Universidade de Oxford.

A necessidade de atualização das recomendações de ganho de peso gestacional já vem sendo discutida há vários anos, não somente em nível nacional, quanto internacional. Com a oportunidade de se trabalhar curvas de ganho de peso de caráter prescritivo para as gestantes com base em coortes internacionais, proporcionadas pelo estudo Intergrowth 21st, o Dr, Gilberto Kac, com apoio do Ministério da Saúde, integrou-se ao projeto e agora vem coordenando a discussão da validação destas curvas.

Foram abordados 5 temas orientadores com o objetivo principal de levantar pontos importantes para viabilizar a implementação da curva de ganho de peso gestacional do Intergrowth 21st(external link) no SUS. O artigo, que traz orientações prescritivas para ganho de peso gestacional, pode ser acessado no link http://www.bmj.com/content/352/bmj.i555(external link). O objetivo dos participantes da reunião foi discutir e propor estudos e validações necessárias para futura implantação do novo padrão nos serviços de saúde, além de avaliar alternativas para contemplar a classificação do ganho de peso de gestantes com baixo peso e obesidade, grupos que não fizeram parte do estudo original de construção de curvas. 

Após os três dias de discussão houve a sistematização de novos passos e tarefas para a viabilização dos objetivos propostos. A CGAN acompanha essa temática há alguns anos e continuará colaborando para sistematizar novas orientações aos profissionais de saúde no cuidado com as gestantes acompanhadas nos serviços de saúde brasileiros e apoiar a discussão interna da agenda das novas curvas no Ministério e no SUS. 


Essa notícia e outras relacionadas às atividades da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde estão disponíveis no Informativo da CGAN (Segundeira) desta semana. A Segundeira apresenta as principais notícias da semana, agendas previstas da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição, além de trazer atualizações sobre evidências científicas, textos de apoio para a implementação das recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e atividades realizadas nos municípios e estados relacionados à agenda de alimentação e nutrição no SUS e monitoramento de alguns programas.

==Acesse aqui a Segundeira de 8 a 12 de maio(external link)==

Nessa semana:

·         CGAN Participa de Reunião sobre Estudo e Adequação das Recomendações de Ganho de Peso Gestacional para o SUS

·         A Meta é Saúde: Chegamos ao fim?

·         Proibição do uso de gordura hidrogenada em alimentos é aprovada na CAS

·         Confira as adesões ao Programa Saúde na Escola

·         Agenda da CGAN

·         Espaço dos Estados

·         Implementando o Guia Alimentar para a População Brasileira

·         Monitoramento semanal dos programas estratégicos da CGAN

·         Saiu na Mídia

·         Calendário 

Imprimir

Enquete

A Portaria 1.055 publicada em 25/04/2017 para o Programa Saúde na Escola prioriza ações de prevenção à obesidade infantil. Qual das ações propostas você considera mais desafiadora?





Anti-Bot verification code image Outro código

File is not an image.

Redes Sociais